Noutro artigo, já falámos sobre a forma como as mochilas pesadas podem ter um impacto sobre a coluna vertebral das crianças. Embora não seja possível eliminar completamente esta fonte de stress físico, algumas mochilas são melhores do que outras e reduzem o risco de lesão.

Eis as nossas dicas para escolher a mochila certa para as crianças:

  1. Escolha a mais pequena possível porque eles vão provavelmente enchê-la demais. Para um aluno mais jovem, abaixo dos 12 anos de idade, qualquer peso acima de 10% do seu peso corporal (se tiverem 50 kilos, seria 5 kilos de mochila) vai alterar a sua postura e afetar a sua marcha. Não tente comprar uma mochila maior para permitir que a criança cresça nela.
  2. Veja os compartimentos dela e escolha uma que permita que os objetos mais pesados fiquem mais próximos do corpo. Por exemplo, o compartimento do computador portátil deve estar localizado na parte de trás, encostado às costas. Os objetos mais leves devem ficar nas bolsa mais pequenas no exterior.
  3. Escolha uma mochila que tenha alças largas. As alças devem ter pelo menos 3 dedos de largura e serem de preferência almofadadas para ajudar a distribuir a força pelos ombros e topo da caixa torácica.
  4. Se possível, procure uma mochila com bandas na cintura e peito, as quais ajudam a transferir algum do peso das costas e dos ombros para o tronco e bacia.

Uma vez escolhida a mochila certa, eis como a devem usar:

  1. Use a mochila em ambos os ombros e ajuste as alças de modo a que o meio da mochila fique ao nível do meio das costas. A mochila não deve ficar pendurada e ao nível das nádegas.
  2. Se a mochila tem bandas para a cintura e peito, estas devem ser usadas e também apertadas para que fiquem justas contra o corpo.
  3. Diga à criança para se manter direita enquanto usa a mochila. Não se devem inclinar para a frente ou encolher os ombros para suportar a mochila. Se estiverem a fazer isto, é provável que a mochila seja demasiado grande ou pesada. Apoiar as mãos sobre a frente das alças não tem problema, desde que não estejam a tensionar os ombros, braços ou pulsos ao fazê-lo.

Esperamos que isto ajude a sua criança a ter um ano escolar saudável e sem dores!

Dedicados à sua saúde,

A Vida Clinic